Uyuni/Machu Picchu/Nazca/Atacama - [Jan/2015] - Página 5

Tópico: Uyuni/Machu Picchu/Nazca/Atacama - [Jan/2015]

Este tópico foi visto 22636 vezes e possui 98 comentários.

Conectar

  • Lista de usuários marcados

    Buenas Companheiros Aventureiros Está decidido, não tem volta. Só falta um(s) parceiros para arriscar as areias fofas do Uyuni. Taí o adesivo, não vai ter placa sem um destes....hehehehe, fora os adesivos de aço escovado do XT660.... te cuida Mestre Anwar, vou dar prejuízo na casa, dois por um..... vai preparando aí....

    Este tópico foi visto 22636 vezes e possui 98 comentários.
    Uyuni/Machu Picchu/Nazca/Atacama - [Jan/2015] 22636 Reviews

      Avaliar Tópico: Uyuni/Machu Picchu/Nazca/Atacama - [Jan/2015]

      Nota média: | Total: 0 pessoas votaram | Tópico visualizado 22636 vezes.


    1. Sócio-Colaborador Zé Graff é um Sócio-Colaborador xt660.net

      Estado
      RS RS
      Cidade
      Caxias do Sul
      Idade
      56
      Posts
      2.569
      Data de Ingresso
      Sep 2010
      Estado civil
      Não informado
      BMW F 800 GS Trophy e Honda Lead


      Take The Flag - ttf.xt660.net
      Bandeiras portadas:



      Estados onde estive de moto:
      MG PR RS SC SP
      Clique para adicionar em seu perfil
      Desejo-te sucesso nessa tua trip.
      Mto boa sorte.
      Boa viagem. Acompanhando


    2. Usuário Registrado

      Estado
      RS RS
      Cidade
      Santa Cruz do Sul
      Idade
      40
      Posts
      275
      Data de Ingresso
      Mar 2014
      Estado civil
      Casado(a)
      Yamaha XT660R Preta 2005 Honda CG 150es Prata 2005






      Boa sorte amigo! Vamos acompanhando por aqui, Abração!


    3. Usuário Registrado

      Estado
      RS RS
      Cidade
      Caxias do Sul
      Idade
      69
      Posts
      416
      Data de Ingresso
      May 2012
      Estado civil
      Casado(a)
      Triumph Tiger Explorer 1200


      Take The Flag - ttf.xt660.net
      Bandeiras portadas:



      Estados onde estive de moto:
      MG PR RS SC SP
      Clique para adicionar em seu perfil
      Edus, que tenhas uma excelente viagem e tudo corra conforme teus planos. Aproveite bem e mantenha contato com muitas fotos. Estarei na tua carona. Boa sorte


    4. Coordenador Paul Barrett é um Sócio-Colaborador xt660.net

      Estado
      SP SP
      Cidade
      Atibaia
      Idade
      60
      Posts
      4.041
      Data de Ingresso
      Jan 2011
      Estado civil
      Casado(a)
      Perfil no Facebook:
      Meu perfil no Facebook
      Yamaha XT 660R 2012 azul Honda XLX 250R 1987 Honda C100 Biz 2005


      Take The Flag - ttf.xt660.net
      Bandeiras portadas:



      Estados onde estive de moto:
      DF GO MG MS PR RJ RS SC SP
      Clique para adicionar em seu perfil
      Edu's nada como uma viagem pra acalmar os nervos... relaxa e aproveita cada cm de estrada... e nessa com kit de corrente de primeira.

      Buen viaje, suerte!
      Cuidado com o stress...
      Mais vale chegar atrasado neste mundo... do que adiantado no outro.


    5. Coordenador Pierozan84 é um Sócio-Colaborador xt660.net

      Estado
      RS RS
      Cidade
      Vanini
      Idade
      35
      Posts
      1.262
      Data de Ingresso
      May 2012
      Estado civil
      Solteiro(a)
      Perfil no Facebook:
      Meu perfil no Facebook
      DRZ 400 E, XT 600 (Ex XT660 09 Red - XRE Preta - CG 125)


      Take The Flag - ttf.xt660.net
      Bandeiras portadas:



      Estados onde estive de moto:
      PR RS SC
      Clique para adicionar em seu perfil
      Cade o Edus?!?!

      Espero que meu GPS off road não o tenha tirado da rota hehehe


    6. Usuário Registrado
      [Autor do Tópico]

      Estado
      RS RS
      Cidade
      Porto Alegre
      Idade
      57
      Posts
      342
      Data de Ingresso
      Jun 2013
      Estado civil
      Casado(a)
      YAMAHA XT 660 R Azul 2005






      Postado originalmente por Pierozan84
      Cade o Edus?!?!

      Espero que meu GPS off road não o tenha tirado da rota hehehe
      Meu Caro Pierozan


      Estou de volta, cheguee dia 15, estava relaxando um pouco, limpando e guardando os equipamentos, praparando relato, separando e publicando fotos e... o GPS, está tudo certo, na caixa, aguardando a devolução..... na caixa do correio não tinha o endereço do remetente....... manda lá na MP e vamos providenciar a devolução.
      Edu's
      [SIGPIC][/SIGPIC]


    7. Usuário Registrado

      Estado
      RS RS
      Cidade
      porto alegre
      Posts
      184
      Data de Ingresso
      Sep 2014
      Estado civil
      Não informado
      xt660 2014 zul, stx fator 200 Sundown





      Estados onde estive de moto:
      MS PR RJ RS SC SP
      Clique para adicionar em seu perfil
      tá demorado este relato e fotos, manda ver xará


    8. Administrador Anwar é um Sócio-Colaborador xt660.net

      Estado
      PR PR
      Cidade
      Curitiba
      Idade
      37
      Posts
      5.633
      Data de Ingresso
      Sep 2009
      Estado civil
      Não informado
      Perfil no Facebook:
      Meu perfil no Facebook
      Honda Lead Preta 2010


      Take The Flag - ttf.xt660.net
      Bandeiras portadas:



      Estados onde estive de moto:
      MG PR RJ SC SP
      Clique para adicionar em seu perfil
      Opa, ansioso pelas fotos e relatos! Abraços.
      ACOMPANHE O XT660.NET NAS PRINCIPAIS REDES SOCIAIS [ TWITTER | INSTAGRAM | YOUTUBE | FACEBOOK ]



    9. Usuário Registrado
      [Autor do Tópico]

      Estado
      RS RS
      Cidade
      Porto Alegre
      Idade
      57
      Posts
      342
      Data de Ingresso
      Jun 2013
      Estado civil
      Casado(a)
      YAMAHA XT 660 R Azul 2005






      Meus Caros companheiros de Aventuras.....


      Chegou o momento do relato e das fotos, a primeira parte está pronta.... aí vai.




      Expedição Uyuni - Machu Picchu – Nasca – Atacama


      Janeiro 2015





      Inicialmente prevista e planejada conforme o titulo, a trip se desenvolveu de maneira diferente, como aconteçe a muitos aventureiros, o plano não foi seguido a risca.


      Logo no inicio, na primeira noite na estrada, em Mercedes – Ar, surigiram maus presentimentos, alguma coisa dizia sem parar: “não vai, não vai, ....”, no dia seguinte parti para a estrada, rumo a General Guemes, e consegui afastar os maus presentimentos decidindo não passar pela Bolívia. Infelizmente isso me acompanhou até Machu Picchu. Após tres dias em Cusco, me dei por satisfeito e com vontade de voltar para casa, foi o que fiz, deixando as Linhas de Nasca para uma outra oportunidade. A volta foi mais tranquila, porém com muita preocupação com o transito. No Perú os motoristas tem o mau costume de fazer as curvas na contramão, o que me preocupou sobremaneira, só tendo mais tranquilidade quando passei de Moqueguá, em direção sul, quando começam os desertos e as retas intermináveis.


      Uma dificuldade constante foi a vedrificação do nivel do óleo, é uma praga voce fazer como recomendado – funcionar o motor 60 seg no descanço lateral, 60 seg na vertical e esperar 60 seg para verificar a vareta e......... não marca nada – vareta seca. Acabei por colocar óleo a mais e causar o plobleminha de sempre, compartimento do filtro de ar todo melado de óleo. Isso acabou causando a unica dificuldade mecânica da viagem, uma porcaria de abraçadeira de nylon, que prende os cabos elétricos, junto à caixa de direção, estava com a ponta virada para cima, ação do Detran para verificar o numero do chassis, quase na véspera da viagem resolvi colocar placa nova e precisou fazer vistoria, e essa pontinha da abraçadeira, por duas vezes ficou impedindo o correto fechamento do bocal de abastecimento de óleo.
      Resultado em dois banhos de óleo, um detectado em Calama, na ida e o outro detectado no trecho Gal. Guemes – Resistencia, na volta.



      Desta vez não houve problemas com a relação, já que optei pelo que há de melhor no mercado – Coroa e Pinhão Riffel e Corrente DID VP2 520, compradas na Cocopin ( dica do Kaxuera), resultado a moto tá aqui em casa e a corrente não precisou de ajuste.


      Desta trip ficou mais uma dica preciosa, para diminuir os gastos. Parando em cidades pequenas, a possibilidade de pagar muito pouco pela estadia é grande, consegui hotéis (meia boca é claro) na Argentina a P$ 100,00 e P$ 150,00, o que dá R$ 22,00 e R$ 33,00. Para min é o ideal, uma vez que desprezo o luxo e busco um banho e uma dormida, só isso. Em viagem gastar R$ 400,00 para ficar numa super suite luxo não me parece a solução ideal, mas isso depende de cada um, eu só quero tomar um banho, lavar as peças 2º pele e uma bela noite de sono, se gastar pouco é mais que sobra para a gasolina e despesas diversas.


      Mas vamos ao relato....


      1º Dia – 02/01/15 Porto Alegre – Mercedes – Ar


      Saida as 7 hs e Km inicial 36495.


      Foi bem tranquilo, a estrada estava relativamente livre e em boas condições, cheguei em Uruguaiana as tres da tarde, a aduana estava liberando a passagem sem a carta verde então foi bem fácil, fazer a entrada na Argentina e comprar a Carta Verde na Seguradora Parana, logo após a Aduana. Na primeria vez que procurei, seguia uma dica dizendo ser no primeiro Posto de Gasolina, mas é no primeiro prédio, após um um bosque na saída da Aduana, a esquerda de quem entra na Argentina, bem fácil. Inclusive fiz câmbio ali mesmo, comprei Peso a R$ 0,22 dos cambistas, no oficial estava a R$ 0,30.


      Estrada livre, chegada em Mercedes as 19 hs, km do dia 766. Abasteci 55,7 lts. Hotel P$ 150,00 barbadíssima, comprei um lubrificante de corrente Motul por P$ 150,00 ( R$ 33,00 em Porto Alegre R$ 57,00), no fim sobrou uma lata e meia de Motul, já que levei duas mais uma lata de Ipiranga e uma de graxa branca em spray.


      Nesse dia as despesas foram R$ 160,00 mais P$ 670,00 (R$ 147,50) totalizando R$ 307,00, dentro do programado que eram em torno de U$ 100,00 por dia.
      Tudo pronto para a largada - dia 02/01 as 6:30 hs



      Já na Argentina....



      Os Pampas.....hááááá, um retão só.



      Hotelzinho de P$ 150,00, em Mercedes - Ar.



      Na Argentina, por quase todos os lugares que passei, só vi isso, casario do inicio do século passado, muito opulentos mas tri velhos, dizendo que o desenvolvimento parou e eles ficaram na poeira



      Olha as motocas a venda..... a CG 125 é CB1.





      2º Dia – 03/01/15 Mercedes – Taco Pozo


      Saída de Mercedes As 8 hs, chegada em Taco Pozo as 19:30 hs. Km do dia 736. Abasteci 42 lts.


      Foi barbada cruzar o Chaco, um retão maravilhoso, pena que no trecho entre Monte Quemado e Taco Pozo a estrada estava péssima, mas estão reformando, no próximo ano quem for pelo Chaco encontrará um tapetão. Claro que parei no Pampa del Infierno para uma seção de fotos. Nesse trecho tive problemas com porcos e cabritos invadindo a pista, fiquei ligado e passei bem devagar nos pontos em que via animais na pista. Ano passado, no Paso Jama, buzinei para um lhama na beira da pista e o bicho só não me atropelou porque escorregou na faixa central, o danado correu para o meu lado em vez de se afastar, foi sorte o escorregão bem no momento em que eu cruzava por ele.


      Taco Pozo foi o buraco em que paguei mais barato o hotel – P$ 100,00 (R$ 22,00). Nesse dia gastei em gasolina P$ 582,00, comprei um mapa por P$ 65,00 e despesas diversas totalizando P$ 317,00. Em Reais foram $ 212,00 uma ninharia.


      Até que enfim o Chaco, um calorão desgraçado mas um retão de dar gosto







      Vamos comigo um pedacinho do Chaco?? Velocidade compatível, o acelerador na trava burnier (muiiiito boa) e a bolha borrada de borboletinhas. Que me perdoe o amigo Pierozam, que emprestou o GPS, só usei para conferir as altitudes, o mapa que ele mostrava não me ajudava em nada, não soube usar....... mas valeu.



      Como estão reformando a R16, não tinha mais a placa da estrada, indicando o Pampa del Infierno, então me grudei nessa mesmo.





      Mazáááááá..... flag personalizada...



      Mas a flag Internacional Ops também estava lá.... marcando a nossa presença, Família XT.



      Taco Pozo, quartinho de P$ 100,00, como fiz câmbio a R$ 0,22 por peso, foram R$ 22,00 o banho e a dormida.







      3º Dia – 04/01/15 Taco Pozo a Susques





      Saí de Taco Pozo as 7:30 hs e cheguei em Susques as 18:00 hs. Km do dia – 598.


      Abasteci 25,7 lt.


      Nesse dia começou a subida do Jama, passando por Jujuy, fiz as fotos no marco de altitude de Jujuy, o galão começou a cuspir gasolina, deu o maior trabalho a viagem toda, o frio começou a bater, não tinha colocado ainda os mangotinhos de motoboy e minhas mãos congelaram. Aqui abro um parenteses, tenho muito frio nas mãos, vejo uns cabras andando no inverno e na chuva sem luvas, não sei como conseguem, as minhas mãos endurem e doem bastante, foi isso me impediu de chegar a Puno ano passado, estava despreparado de roupas adequadas e esse ano.... adivinha..... esqueci de por roupas quentes, levei somente a segunda pele de frio.....


      Numa das paradas para fotos, na subida ao Jama, posicionei a moto mais na beira e precisei passar por uns pilarzinhos, resultado... me rasgou um dos alforges, tive de costurar a noite.


      Passando a Salina grande, que não parei pois já tinha fotos desse lugar, começa um belo pasto, cheio de cabras, lhamas e burricos.... todos passeando na estrada, na chegada a Susques, estava sem gasolina e o posto da cidade – uma maravilha por sinal, estava abandonado, rolava um som na praça da city e o bombeiro deve ter ido, deixando tudo aberto, quase abasteci e fui embora....


      Achei um hotelzinho razoável e o valor ótimo P$ 150,00.
      Esse foi o dia em que menos gastei, totalizou R$ 170,00, mesmo comprando mais um mapa por P$ 65,00.





      Rumo ao Paso Jama, um belo amanhecer e uma super reta.





      E quem disse que eu deixei a placa 660 passar em branco... claro que parei.... hehehehe, mas fica um comentário: Os "locos" botaram placa adesivada.......... claro que o adesivo já soltou, dois dosi lados, lá estava a marca do nosso amigo Giovani 16 + Grazi (Monstros do Off Road) o meu do ano passado e o adesivo da Guarda Catarinense, tinha a marca de mais um, que descolou, só ficou a marca. Nesse momento que descobri que os adesivos do XT660.net aluminizados, ficaram em casa........ putz, fiquei tri chateado, comprei nove para espalhar daqui até Machu Picchu, e eles ficaram em casa.



      Háááááá.... fim do Chaco, as primeiras montanhas surgem no horizonte.



      Subidinha de Jujuy



      Purmamarca.... estava lotada de forasteiros, fiz uma filmagem chegando e cruzando a cidade, quando eu conseguir fazer uma edição... tem vários gigas de imagem. O que tem de bonito alí é o colorido das montanhas.



      Passei batido por Purmamarca e toquei montanha acima.



      Para quem gosta de raspar a pedaleira no chão... começa a diversão. Na verdade eu só arrastei o cavalete central, que teima em afrouxar... e quando frouxo fica meio abaixado, raspando nas curvas mais quentes. vou trocar as arruelas de pressão e ver se melhora



      Taí os tais pilarzinhos que rasgaram o meu alforge... na verdade esses alforges são uma bela porcaria, é o terceiro anos deles, mas na estrada foram só trinta e cinco dias... e os bichos estavam se desmanchando, digo estavam porque o "lixo reciclável"! levou eles hoje, caramba por pouco eles não chegam em Porto Alegre, um já estava meio dependurado nos últimos km de estrada.



      E quem tava lá?????? Ela!!!



      A primeira vez no Jama não vi nada disso, estava no meio das nuvens, nada como um dia de ceu azul para cruzar as altitudes.



      Hehehehehe



      Claro que o adesivo ficou lá.



      Taí outra coisa que só vi na segunda passada pelo Jama...



      Hortelzinho de P$ 150,00 em Susques, no pé do Jama



      Até que as instalações eram boas.



      Logo depois chegaram dois parceiros de Floripa e um "Gringo Loco" um australiano que não tem nada para fazer na vida, só andar de moto, disse que está a dois anos rodando pela América do Sul. Não deu para acompanhar os parceiros de Floripa, estava de Té 250 e alegaram que as motos não tem desempenho, não andam.... não acreditei mas deixai pra lá, a proposta deles era diferente da minha, eu queria comer estrada e eles passear pelos lugares turísticos.





      4º Dia – 05/01/15 Susques a Pozo Almonte – Chile


      Saí de Susques as 9 hs, chegada em Pozo Almonte as 20:30 hs. Abasteci 40,7 lts. Km do dia 698.


      Em Susques abasteci a moto e o galão, a gasolina mais cara do trajeto todo – P$ 16,99, saindo de Susques tem um ótimo posto, a bomba fica ao ar livre – cheia de adesivos, com um belo restaurante, que conheci na volta. Não abasteço mais em Susques.


      Na chegada a aduana, procurei na vilinha que tem ao lado um agasalho para descer o Jama em direção a SPA, acabei comprando um moleton usado por P$ 200,00. Enquanto fazia os tramites na Aduana o galão ficou vazxando gasolina encima do moleton, resultado: não usei, vesti as duas segundas peles de manga comprida e duas camisetas, foi o que bastou, um pouco antes de entrar em SPA, onde fui trocar dinheiro, parei na beira da estrada para tirar a roupa, tirei até a calça segunda pele, eu já estava cozinhando. Torquei a grana e me mandei para Calama onde parei para abastecer a moto e o galão, pois sabia que o próximo abastecimento era só em Pozo Almonte. Os danados do posto não cederam o “banõ”, então urinei atras do posto, só de raiva. Ao dar uma verificada na moto e - putz, percebi a frente lambuzada de óleo, caramba deu um frio na espinha, até ali eu tinha castigado a XT na aceleração e fiquei pensando o pior. Mas.... por sorte foi uma bobagem, a ponta da abraçadeira de nylon, dos cabos eletricos que vão para o painel, se meteu na tampa de abastecimento, impedindo o fechamento total, fiz uma pequena limpeza, coloquei mais óleo, mesmo sem conseguir ver o nível, como citei no inicio, estou passando o maior trabalho para verificar o nivel de óleo, não imagina a raiva que dar voce tentar duas vezes o procedimento e .... naõ marca nada, a vareta – depois da limpeza inicial, sai seca....


      Nesse dia gastei P$ 662,00 (R$ 145,00) na Argentina e P$ 58.680,00 (R$ 273,00) no Chile. Fiz um bom câmbio em SPA, peguei P$ 600,00 por dolar. Tomei o penalti com o hotel, chegando em Pozo Almonte achei um HOSTAL, mas estava lotado então parei no primeiro hotel que vi e marchei com P$ 38.000,00 – U$ 63,00 – R$ 177,00.


      Tá certo que as instalações eram ótimas, bem cheiroso e etc, mas é o fim da picada pagar tudo isso por um banho e uma dormida..... Na ida e na volta me programei para dormir só um dia no Chile.
      Salina de Jama, um pouquinho antes do bicho pegar (frio).



      A vista, como sempre, é de encher os olhos. É o que compensa o esforço, desfrutar de lugares inimagináveis, muito distante da realidade que vivemos aqui no Brasil.



      Sem palavras



      E a selfie do trimestre??? tá concorrendo????



      Passada a Aduana, que também foi bem rápida, depois da saga do abrigo (que comprei usado por duzentos pesos e derramou gasolina do galão encima, impedindo o uso....) Chegou a placa fatal....entrando no Chile



      O adesivo também ficou.



      Um vento e um frio desgraçado e eu procurando ângulo para a foto.....



      Rumo a São Pedro do Atacama, aquela massa verdinha que aparece lá atrás da foto...



      Seguuuuuura peão, que é só descida, aqui foi a melhor média de consumo, gasolina infinia 98 do posto da aduana de Jama e só descida, resultado foram 20,8 km/lt.



      Como já passeei bastante por SPA, só parei para trocar grana e comprar uma água, nem abasteci, mas não pude deixar de notar que estão reformando a igrejinha. Aqui eu estava no calçadão (peatonal.... demorei a entender isso) um guarda me mandou seguir e outro - quando parei para a foto, mandou eu sair..... vai entender.



      Vale de La Luna....



      Lá encima um frio do cacete e aqui... um calorão, um vento quente...



      Tchau SPA



      Aqui a encruzilhada da Ruta 5, a esquerda Antofagasta e a direita Arica, esqueci de fotografar a cagada com o bocal de abastecimento de óleo, que constartei durante o abastecimento em Calama. Parei aqui para pensar um pouco, se ficava em Maria Helena ou Tocopilla, ou tentava um tirão até Pozo Almonte, foi o que fiz... pau na máquina.



      Hotel de 38.000 pesos, em Pozo Almonte, bom....



      Bem cheiroso, shampoo, várias toalhas, tv a cabo, desjejum.......







      5º Dia 06/01/15 Pozo Almonte a Moqueguá – Perú.


      Saí de Pozo Almonte as 8:30 hs, chegada em Moqueguá as 20 hs – 17 hs no Perú, ali acertei o relógio para hora local. Abasteci 14 lts em Arica e 2,69 galão em ITE (um lugarzinho) = a 13,45 lt, totalizando 27,45 lt, em sempre considerei um galão = a 3,6 lt, mas no Perú são 5 litros. Comprei o SOAT na Aduana por P$ 12.600,00, totalizando despesas no Chile em R$ 207,00, mais ao equivalente a R$ 98,00 no Perú, um total de R$ 307,00, dentro das espectativas....


      As 11:00 da manhã eu já estava na aduana, os tramites foram bem rápidos, uma fila pequena... Almoçei ali mesmo. Na saída da aduana tem uma loja do SOAT, desta vez eu comprei, mas de novo ninguém me parou para pedir documentos.


      Parei em Tacna para fazer câmbio, peguei soles na cotação de 1,01 por real, uma muvuca desgraçada na avenida central, parei tri mal, paguei um guri (que estava vendendo óculos de sol)para cuidar da moto e corri na casa de câmbio, para sair de Tacna me perdi de novo e peguei caminho errado, ainda bem que me toquei bem rápido que não era a direção certa e pedi informações. Mais um pouco de deserto até Moqueguá e o descanço merecido.
      As estradas do Chile são uma maravilha



      hahahahaha



      Mas hein??





      Essa ficou mais perto



      A turma do XT tava na garupa...



      Parei para usar o banheiro e o bagulho tava fechado, cravei os adesivos, até Porto Alegre ficou lá.....



      Esse é um pedaço muito lindo, no norte do Chile, onde a estrada faz uma bela curva em direção ao litoral, passando por Cuya, desce um desfiladeiro até Cuya e sobe outro, um pouco antes de Arica, essa foto já é lá embaixo.



      Tem a selfie... é claro.



      Aqui é Cuya, desci pelo lado direito da foto e subi pelo lado esquerdo.



      Aqui já subindo, do outro lado do desfiladeiro, li em algum lugar que são dezessete km de largura, pelo mapa a estrada faz uma baita curva a esquerda, quem sobe em direção a Arica.



      Eu tava lá.....



      Ano passado eu não entendi bem esses Tutelares, nas primeiras placas pensei ser Conselho Tutelar............... esse ano eu parei, rsrsrsrs











      A aduana entre Chile - Perú foi uma baba de novo, super tranquilo, não pode esquentar que tem que assinar um papel, na tal CIT, em que tu se compromete a deixar a moto em garantia de eventuais prejuízos, depois dos tramites, comi um belo rango no restaurante da aduana.



      Ano passado, não sei quem, pediu foto do Hospicio, taí óóóó...



      Búúúúúú



      Entrando no Perú os desertos passam a ser vermelhos....



      Mazaáááá´



      Moqueguá... finalmente.



      HOSTEL de $ 40,00 soles, com cocheira.... fiquei neste mesmo quarto tres vezes



      A gloriosa Moqueguá vista do hotel





      Rua ao lado do Hostal, de dia parece calma, a noite é uma muvuca só.



      Não pude resistir, come-se com as mãos mas é muito gostoso, comi três espetinhos de pollo



      Será que, quanto mais enfeitada é a tia, mais grana tem???



      As vendedoras de leite, vendem o leite em saco plático....



      Paguei um soles para cada uma delas, ai então sorriram....






      A vista da montanha, atrás do mercado é que é bonita....



      A tal rua ao lado do hostal, no Perú o pessoal se meche a noite, de manhã é tudo morto. Ainda por cima uma tia ficou gritando: "olha lá ele tá fotografando......."









      6º Dia 07/01/15 Moqueguá a Puno.
      (aguardem os próximos capítulos)


      Café da manhã em Torata
      [SIGPIC][/SIGPIC]


    10. Coordenador Leão é um Sócio-Colaborador xt660.net

      Estado
      RS RS
      Cidade
      Santa Vitória do Palmar
      Idade
      48
      Posts
      5.447
      Data de Ingresso
      Apr 2011
      Estado civil
      Não informado
      Yamaha, XT 660R, Preta, 2006.


      Take The Flag - ttf.xt660.net
      Bandeiras portadas:



      Estados onde estive de moto:
      BA ES MG PR RJ RS SC SP
      Clique para adicionar em seu perfil
      Que beleza Edú, acompanhando aqui...

      Que coisa hein? saiu ontem e voltou hoje??? Só tu mesmo hehehe.

      Enquanto nos escapa, o objeto do nosso desejo sempre nos parece preferível a qualquer outra coisa; vindo a desfrutá-lo, um outro desejo nasce em nós, e a nossa sede é sempre a mesma. (Lucrécio).


    Página 5 de 10 12345678910

    Informações de Tópico

    Usuários Navegando neste Tópico

    Há 1 usuários navegando neste tópico. (0 registrados e 1 visitantes)

    Tópicos Similares

    1. Viagem Atacama/Machu Picchu
      Por Fabricio_JLLE no fórum Viagens
      Respostas: 117
      Último Post: 01/04/2016, 02:02 PM
    2. Ica e Machu Picchu (Fevereiro/2015)
      Por Isolani no fórum Viagens
      Respostas: 2
      Último Post: 06/11/2014, 08:55 PM
    3. Aventura de moto em Machu Picchu e Atacama [2013]
      Por Kallas no fórum Registros de Viagens
      Respostas: 7
      Último Post: 16/07/2014, 01:35 PM
    4. Atacama - Machu Picchu Quem sabe
      Por GusMol no fórum Viagens
      Respostas: 10
      Último Post: 17/02/2014, 10:01 AM
    5. Machu Picchu e Atacama - Janeiro/2013
      Por Silvio no fórum Viagens
      Respostas: 67
      Último Post: 24/01/2014, 08:10 AM